Ascendente em Áries

A pessoa de Ascendente em Áries vê o mundo como existindo da maneira mais intensa. Se aos outros o tempo pode esperar e as coisas podem ir até um pouco lentas; para o Ariano o real é agora, brilha, se faz premente e presente e não há outra escolha se não intensamente viver.

São pessoas de riso solto, mas capazes de inesperada coragem. Tem disposição ilimitada e contagiante com tudo o que se encontra ao redor. Sabem deste mundo das intensidades, e pouco desconfiam do que por vezes se esconde. Não toleram desvios, farças ou ocultamentos: são sinceros como um espelho, e esperam do mundo igual espontaneidade e sinceridade.

Tomarão a iniciativa de tudo na vida. E nos relacionamentos serão por certo quem hão de dar o primeiro flerte. A ingenuidade com que iniciam tudo e a infinda disposição dão-lhes irretocável charme. São do tipo que chamarão impulsivamente para jantares noturnos e flores, mas que podem no meio do caminho desviarem o percurso para um café ao meio dia simplesmente porque é ao que o instante agora mais lhes convida.

Na ingenuidade de enxergarem sempre o que brilha, acabam tendo talento imprevisto para compreenderem o que se esconde. Como quem olha na superfície de um espelho um sem fim de mundos sem ter que mesmo sair deste. Sabem do encanto do brilho, do encanto do ser. E sabem que para além deste mundo podem haver outros, mas que são neste em que estamos que fazem sua real manifestação.

Defendem os seus com coragem ilimitada. São sempre os líderes e primeiros a tomar a iniciativa de qualquer ação. À frente, o Ariano, e é besteira tentar igualar sua tão inata força de ser.

São amáveis e de fácil doçura. Ao mesmo tempo podem mudar de opinião rapidamente e de súbido se mostrarem descontentes com o que consideram injusto; estes lampejos, porém, também serão rápidos e logo voltarão a uma conjuntura radiantemente bela se as circunstâncias estiverem favoráveis.

Com isto, não significa que sejam volúveis, pelo contrário; tem a força incisiva de Marte logo no princípio de seu ser; a rapidez em se movimentar de um lado a outro é simplesmente por verem a realidade de maneira mais vívida e intensa. O tempo para eles parece correr mais rápido, ou, antes, o tempo não os ilude, e sabem que o existir mais verdadeiro lhe é indiferente.

Viver num eterno instante agora e a partir disto viver no eterno, poderia ser uma boa descrição destes nativos, que lidam com os mistérios com a mesma natureza ingênua que com tudo outro na vida.

Serão sempre os mais vivazes e loquazes quando o assunto for fala; amorosos quando for afeto e calmos, quando na calmaria puder haver sua típica intensidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *