Ascendente em Libra

O Ascendente é o principal responsável pela aparência física de uma pessoa. Com isto, é interessante mencionar que o Ascendente em Libra costuma ser considerado o mais belo dos ascendentes, apenas comparável a quem possui o Planeta Vênus ocupando ou em aspecto com esta casa.

Esta beleza se dá por meio de uma notável elegância e fineza. Também há uma graciosidade inata conjunta a certa doçura e alegria. O mais notório, contudo, é a elegância, posto que as outras características sempre são bastante equilibradas, formando uma expressão harmônica e atraente.

O equilíbrio é a pedra-de-toque deste Ascendente, que tudo intenta harmonizar e embelezar. É o Signo que une os diferentes seres, dando-lhes um lugar comum por meio da harmonia. Assim, tanta elegância denota a intenção de não incomodar, é como se existissem “existindo menos” e neste tão não intencional existir somos subitamente atraídos.

São, assim, de flerte constante por toda a vida, mas tendem nas mais das vezes a forte bondade e doçura, de modo que seus pares se sentem verdadeiramente abençoados de ter-lhes ao lado. Nunca lhes faltarão a expressão mais pura de Vênus, que é a graça e o afeto, posto que as tem na própria identidade e expressão íntima do ser.

São adeptos de prazeres refinados, adoram as artes e a música. Podem passar dias votados a estas esferas da vida, mas em nenhum momento parecerão desleixados ou pouco sérios; pelo contrário, se lembrarmos que o signo de Libra é a exaltação do sério Saturno, perceberemos que a força de sua elegância convence que o que é belo e gracioso merece mesmo ser vivido.

Impõe respeito nos ambientes de trabalho pois a elegância tanto de sua aparência como de tudo o que realiza é notada desde longe. Não são exatamente aptos para liderar por ser exageradamente condescendentes e terem dificuldades para se impor. Curiosamente, são frequentemente chamados para liderar e podem vencer eleições para a administração sem para isto contudo terem a menor intenção.

Seu contato íntimo com tudo o que é belo e harmônico dá-lhes óbvia propensão artística; o contato com a natureza pode lhes dar inesperada inclinação ao ocultismo, posto que são aptos a fruir encantos que lhes inebriam e que aos outros é vedado perceberem.

Leves como sãos as brisas pelos jardins, dificilmente incomodam ou são razão de querelas; quando participam de algum conflito, porém, estarão sempre utilizando seu hábil talento diplomático.

São sempre ótimas companhias e dependem inclusive fisicamente disto, de estarem acompanhados e em harmônicas relações. Se seus amigos são gratos pela sua presença serão amavelmente recompensados, caso contrário, poderá preferir o Libriano dar sua presença às amigas flores de algum jardim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *