Lua em Câncer

O Signo de Câncer é o domicílio da Lua, de modo a que se encontra aqui este planeta especialmente favorecido. Apresentará a prateada estrela suas características mais típicas e tradicionais.

Neste nativo será tanto a Lua de extremada importância para a interpretação de seu Mapa Natal, quanto a casa cuja cúspide esteja em Câncer, assim como todos os planetas que estejam neste signo. A maioria dos mapas astrais possuem poucos planetas em seu domicílio, isto quando possuem algum. Estes Planetas, por serem dotados de sua energia mais pura e não remeterem a influência signalar de nenhum outro, terão sempre grande relevância e já podem ser, a princípio, considerados como uma das principais características psicológicas – e de Destino – destes nativos.

Eternos românticos – no sentido mais literal da expressão. Eterno posto que se o regente de Capricórnio – Signo oposto à morada da Lua – rege também o tempo, só pode a Lua regendo o passado levar em seu bojo também o que é mesmo eterno. O romantismo nasce deste íntimo contato com o passado, e passado, entenda-se no sentido mais literal: tudo o que passou, mesmo o que há poucos instantes…

É claro que os antiquíssimos e remotos acontecimentos terão sempre prevalência: lembrar-se da infância e das primeiras coisas: do primeiro isto e do primeiro aquilo – só não são capazes de lembrar-se é de quando pela primeira vez lembraram-se de alguma primeira prazenteira lágrima – dada sua corriqueira frequência.

Mais, do instante em que caminhas pela porta a lhes conferir um aperto de mão, lembrar-se-ão de tua imagem ainda sob o batente da porta, e nisto já estarão a se emocionar. Conexão íntima com tudo o que é passado e em si carrega um sentido de oculta emoção. Ou, íntimo contato com isto que dá sentido às coisas: que é um misturar de passado e presente, de expectativa de futuro com um leve permear do tempo: sub specie aeternitatis.

Serão sempre os Cancerianos os guardadores das relíquias antiquíssimas, sejam elas objetos, sejam lembranças do coração. Sisudos parecerão a quem não os conhece, posto que é típico do Caranguejo mais se encouraçar e proteger; posto que o que guarda em si é demasiado brilhante, como a Ostra que guarda em dura concha o que se assemelha mesmo à lágrima de um destes que…

Que vêem nas fases lunares mais do que um bailar de espadas no anoitecido céu, mas o próprio sentido de seu existir. Sabem que há o céu e há a cada instante emoção; não confundem ou misturam o emocionar com qualquer outra realidade; souberam nascer no dia-de-mês exato para que a Lua viesse pura, resplandecente, com água de rio e perfume de Caranguejo: para serem fiéis guardadores cativos das suas e das nossas emoções.

One thought on “Lua em Câncer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *