Lua em Escorpião

A Lua em Escorpião guarda suas emoções entre os velos do mistério. Sente tudo de maneira calada e guardada. Raramente expõe seus sentimentos, e mesmo quando quer o fazer, encontra dificuldade. É de sua natureza guardar o que sente e o sentir lentamente e em silêncio.

Porém, não pense alguém que este nativo seja de fato pouco emocional: lembremo-nos que Escorpião é signo de água, e é o regente de tudo o que entendemos por “intensidade”.

Suas emoções são intensas e talvez por serem tanto só caibam mesmo nas águas paradas deste signo. É uma pessoa que tem ao mesmo tempo a capacidade de ser passional e impassivo. Consegue agir de maneira implacável quando preciso, como se as emoções lá não estivessem, mas, em verdade, estão: como se a Lua fosse um rio de fogo a ferver as águas profundas do signo da alquimia.

Quem quer que conviva com eles deverá aprender a força do implícito. A força do que não se diz. E como as coisas podem ser maiores quando não estão mesmo sob a nossa visão. O que se esconde, cresce: e assim são as emoções deste nativo.

São levados para o ocultismo por uma barca que não controlam: afinal, a Lua Crescente, barca milenar a carregar as almas humanas, navega sempre já pelo desconhecido. Isto que é tão importante na psicologia humana, esta coisa que nos move e que é Lua está sempre nestes nativos num contato íntimo com certa sutileza de tudo, certa sombra, certo o que não se diz, certo mistério.

Podem variar entre ser considerados pouco afetivos e serem por isto discriminados, ou ao invés disto serem louvados como pessoas muito controladas e sérias. Têm uma percepção aguda das sutis relações de poder, pelo que conseguem caminhar entre diferentes esferas sociais sempre com esta proteção. Têm muita facilidade para guardar rancores, pelo que sempre devem tentar moderar esta parte de sua psicologia; descobrir novos mistérios que sejam fascinantes o bastante para lhes emocionar é um ótimo meio de trabalharem seu emocional.

Como têm já uma predileção e noção intuitiva de que o real do mundo vai para além do que se vê, descobertas metafísicas e profundas sobre a realidade de si e do mundo são sempre ótimos meios de se curar de suas emoções, sempre intensas e fixas.

Têm ótima memória e cuidam dos seus de maneira amorosa e ao mesmo tempo bélica com quem se aproxima. São muito preocupados, e podem facilmente ser obsessivos em qualquer forma de amor.
No fundo, são frágeis, trazem parte muito relevante mas ao mesmo tempo muito delicada da psiquê neste signo de profundidade e luta. Podem ter certas angústias. Certos medos.

Saberão sempre, porém, extrair do fundo de si mesmos a razão para superar as dificuldades e mais amar e se emocionar. Sabem, ou ao menos pressentem, que esta difícil posição da Lua, se usada com sabedoria, será sempre uma dádiva intensamente surpreendente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *