Sol em Escorpião

O que é oculto e mistério tem no Signo de Escorpião sua sigilosa morada. Não que seja isto algo que algum de nós não conheça: são nas águas paradas deste signo que habita toda a intensidade e também nossa segurança emocional.

Aquilo que trazemos em nós guardados e não queremos que os outros saibam. Aquilo que nos outros rastreamos e deciframos. São nestas estâncias que o nativo em Escorpião tem o Sol, isto é, a própria consciência: sempre atentos ao que de implícito, ao que não foi dito nem ouvido, mas se pressente, em tudo o que se lhes chega.

O temperamento pode ser tanto calmo quanto turbulento, mas sempre muito resistente. Têm notórias tendências ao silêncio e a esconder-se, contudo, sempre são notados por certo magnetismo intenso de sua personalidade. Ainda quando notados, transmitem naturalmente respeito, de modo a que conseguem facilmente passar desapercebidos pelas situações, misturando uma natural discrição com uma profunda impressão de intensidade.

É o Signo por excelência do ocultismo e de todos os mistérios. O Sol nesta posição estará sempre inclinado a compreender e decifrar o que há de misterioso em tudo. Grandes alquimistas, assim como psicólogos e curadores, tem na magia e na força psiquíca frequentes aliados.

Nas relações humanas os Escorpianos têm apaixonada intensidade. Quando se relacionam com alguém é sempre com a mais profunda propulsão visceral do extremo de seu âmago. Compreende-se que tão secretas pessoas quando se dispõem a abrir-se a contatos íntimos serão avessos a frivolidades. Serão apaixonados, mas tenderão ao drama. São capazes de resistir a situações mais adversas, e contudo podem chegar a extremos de intensidade emocional em situações corriqueiras do dia-a-dia.

Admiram a beleza e a leveza, contanto que tenham razões profundas para existir. Nas atividades profissionais são dedicados e capazes de surpreender principalmente nas situações árduas e inesperadas. Contudo, não se adequam bem a subordinações. Embora sejam capazes de dissimular obediência, sua aura sempre transmite um quê de rebeldia que incomoda os superiores. Tendem mais ao trabalho solitário que a cooperação, embora sejam zelosos e sem qualquer egoísmo por compartilhar tudo o que alcançam, contanto que com a devida gravidade e respeito.

Podem ser extremados em suas idéias assim como surpreendentemente altruístas. Podem tender a vícios e obsessões. Podem ajudar os outros a ponto de se esquecerem de si mesmos. Têm muita dificuldade em se abrirem a outras pessoas. Podem aparentar timidez, quando na verdade trazem em si intensa turbulência emocional. São cautelosos como ninguém, pois sua cautela consiste em tatear mistérios que aos outros não se fazem visíveis.

Nas artes são responsáveis pelo extremo do dramaticismo e intensidade; podem produzir pensamentos políticos revolucionários em meio a versejos de amor desvairado. A tragédia e qualquer arte que seja ao mesmo tempo dramática e visceral tem neste signo sua regência.

Companhias sempre profundas e intuitivas, são os mais profundos guias e curandeiros. Este signo rege, propriamente, a cura. Não são, porém, amizades frívolas, provocam verdadeiras revoluções naqueles com quem se relacionam, e adicionam mistério e intensidade por onde passam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *